A- A+

Hospital Alberto Urquiza Wanderley

Informações Úteis

Recomendações importantes

Veja algumas recomendações que contribuirão para a recuperação do paciente:

Paciência: Não demonstre ansiedade diante de quem está doente.

Realização de procedimentos: Nunca realize procedimentos. Lembre-se de que o Hospital dispõe de profissionais capacitados para prestar a melhor assistência ao paciente.

Silêncio: Fale baixo, coloque o celular no silencioso e tenha cuidado com os calçados ao andar nas áreas comuns do Hospital. Ambientes barulhentos causam estresse, que, por sua vez, alteram a pressão arterial, produzem taquicardia e desequilibram os níveis de adrenalina no corpo. A alteração desses níveis, somada à irritação, são prejudiciais ao tratamento.

Crianças:
Não é recomendável levar crianças para o Hospital. Se for imprescindível, os pais devem orientá-las a não correr pelos corredores e a falar baixo. Para a própria segurança, os pequenos devem ficar pouco tempo no Hospital.

Roupa:
O ambiente hospitalar é um local naturalmente propenso a contaminação por bactérias, vírus e outros agentes causadores de enfermidades. Usar roupas compostas e sapatos fechados mantém a proteção do visitante e a integridade do enfermo, além de evitar o contágio.

Música: Qualquer tipo de instrumento musical deve ser evitado. Por mais discreto que seja o som produzido, o ambiente hospitalar precisa ser o mais silencioso possível, já que o repouso é fundamental para a recuperação.

PROIBIDO!

Cigarro: É terminantemente proibido fumar nas dependências do Hospital Alberto Urquiza Wanderley. A fumaça expelida durante o ato de fumar é composta por substâncias cancerígenas, entre elas, o dióxido de carbono, substância altamente tóxica para o pulmão humano. Ela é nociva tanto para quem está em plena saúde quanto para o paciente que se encontra internado.

Flores: Não é permitido! Levar flores para os apartamentos aumenta os riscos de infecção hospitalar, se não forem bem conservadas. Além disso, podem favorecer o surgimento de alergias.

Bebidas alcoólicas: O consumo de bebidas alcoólicas é proibido em ambientes hospitalares. Além de alterar o estado de consciência e produzir situações desagradáveis, o comportamento decorrente da excitação das pessoas alcoolizadas perturba quem está em recuperação.