Unimed João Pessoa

Notícias

Alimentação adequada faz bem para todo o corpo, entenda o porquê

A- A+
Publicada em 02/04/2018 às 15h
Um prato bem colorido garantirá uma maior variedade de nutrientes: alimentação saudávelUm prato bem colorido garantirá uma maior variedade de nutrientes: alimentação saudável

Uma alimentação saudável é aquela que fornecerá todos os nutrientes necessários para o corpo funcionar bem. Por isso, comer corretamente faz bem para todo o corpo. Quer saber se você se alimenta bem? A nutricionista Giulia Grisi, que integra a equipe do Grupo Equilíbrio do Peso da Unimed João Pessoa, dá dicas para estimular hábitos saudáveis.

Giulia Grisi explica que o corpo humano é constituído por diversos sistemas que têm funções especificas, mas que estão inter-relacionados, ou seja, que dependem um do outro para manterem o equilíbrio. “É através da alimentação adequada que o organismo consegue todo substrato necessário para que as suas funções sejam realizadas de forma satisfatória”, explicou.
 

A especialista explica que alimentar-se corretamente significa saber fazer, de forma consciente, boas escolhas na hora das refeições. “Não só a quantidade, mas também a qualidade do alimento que será ingerido fará toda a diferença para a saúde. Os alimentos naturais que não passaram por refinamentos e nem foram adicionados substâncias químicas devem ser priorizados. Equilíbrio é a palavra-chave”, disse.

ALIMENTAÇÃO BALANCEADA SEMPRE

 

A procura por uma alimentação balanceada não deve existir apenas quando a pessoa quer perder peso ou ajudar a amenizar os sintomas de alguma doença. Deve ser uma prática para todos. “Quando nos preocupamos com a prevenção adquirindo bons hábitos desde cedo, não precisaremos no preocupar com a doença posteriormente”, argumentou.


A alimentação saudável em conjunto com o exercício físico e o sono adequado são fundamentais para garantir uma melhor qualidade de vida e a prevenção de doenças até mesmo em pessoas sadias.

ORIENTAÇÃO NUTRICIONAL


Algumas dicas podem ser preciosas para uma alimentação saudável. Confira algumas delas e, se ainda não estiver seguindo, analise os benefícios e comece a fazer:

 

  • Não comer assistindo televisão ou fazendo qualquer outra atividade que possa tirar a sua atenção;
  • Comer sem pressa, mastigando bem os alimentos;
  • Comer alimentos ricos em fibras vitaminas e minerais: verduras e legumes (crus e cozidos) e frutas (com casca ou bagaço). A cor desses alimentos revela o tipo de nutriente que se encontra mais presente em sua composição, logo, um prato bem colorido garantirá uma maior variedade de nutrientes;
  • A recomendação de água a ser ingerida diariamente pode ser definida usando um cálculo simples: 35ml/kg de peso;
  • Evitar consumir frituras, comidas gordurosas, como carne com gordura aparente, salsicha, mortadela, salgadinhos, preparações com creme de leite ou maionese;
  • Usar ervas e temperos naturais para dar sabor aos alimentos: alho, cebola, limão, vinagre, coentro, cebolinha, salsa, orégano, alecrim, manjericão, açafrão, louro etc;
  • Evitar alimentos com alto índice glicêmico: açúcar refinado, batata inglesa, doces, pão francês, farinha refinada, refrigerantes, etc;
  • Fazendo as seis refeições diárias, você evita que o estômago fique vazio por muito tempo. Com isso, diminui o risco de exagerar na quantidade de alimentos nas próximas refeições e possibilita também um melhor funcionamento do seu organismo.