A- A+

Artigos Médicos

Antônio de Aracoeli Ramalho

Antônio de Aracoeli Ramalho

CRM-PB: 3490 Especialidade: Cirurgião plástico

Risco de queimaduras e ferimentos com fogos neste período do ano

Publicada em 15/06/2018 às 18h

Com a forte tradição que temos das festas Juninas, a fogueira e os fogos de artifício chegam para fazer parte dos festejos nesta época do ano. Outro evento que também devemos considerar é a Copa do Mundo, ocasião onde os fogos de artifícios são bastante usados.

Como resultado destes fatores, temos nessa época um grande aumento no número de pacientes queimados, aparecendo queimaduras de primeiro e segundo graus com muita frequência. Por outro lado, a explosão de fogos leva a lesões que podem ser bastante graves.

As queimaduras de primeiro grau são aquelas em que aparecem apenas vermelhidões no local atingido. São lesões menos graves, porém bastante dolorosas. Estas lesões devem ser tratadas apenas com lavagem do local com a intenção de resfriar o local atingido. Não se deve utilizar pastas ou receitas caseiras na área queimada.

As queimaduras de segundo grau são aquelas em que aparecem bolhas. Estas bolhas jamais devem ser manuseadas em casa, com a finalidade de retirá-las, também devem ser resfriadas com água corrente na temperatura ambiente. As roupas do paciente não devem ser retiradas para não estourar as bolhas e podem ser molhadas junto com a área queimada. Outra medida importante é não usar materiais que grudem na área queimada, tais como algodão.

O paciente deve ser levado o mais rápido possível para uma emergência onde receberá o tratamento adequado, assim como as orientações necessárias.

Nos casos de ferimentos por explosões, o paciente deve procurar uma emergência também o mais rápido possível.

Como vemos, a tradição é forte, mas os cuidados para evitar os acidentes devem ser mais fortes ainda, pois nada como se divertir com toda a segurança. Boas festas juninas e boa Copa do Mundo. Avante, Brasil!