A- A+

Artigos Médicos

Felipe Tavares Sena

Felipe Tavares Sena

CRM-PB: 5349 Especialidade: Ortopedista

Para quem vai praticar atividade física, quais os cuidados com os pés?

Publicada em 19/10/2018 às 18h

Quem deseja praticar algum tipo de atividade física, seja qual for, deve imaginar logo alguma que seja suportada e tolerada pelo corpo. Nossos pés precisam receber uma dose dobrada de atenção nesse momento. Escolhas erradas ou precipitadas levam ao abandono da atividade escolhida e ao surgimento de lesões inesperadas.

É o caso de quem tem calos na planta dos pés e escolhe fazer caminhadas descalço na areia da praia. Ou de quem não possui a cava do pé e decide praticar algum esporte de impacto, como corridas e futebol. Uma escolha sensata merece uma cuidadosa avaliação médica prévia, identificando e corrigindo anormalidades.

Definida a atividade física, é hora de preparar as melhores condições de conforto em que vamos colocar nossos pés. É natação? Fácil: nada de calçado. Bicicleta? Há sapatilhas específicas. Corrida na calçada da praça ou da praia? Um bom par de tênis, que pode ser mais barato do que imaginamos, e meias confortáveis.

Alongamento e aquecimento dos pés é importante? Só aqueles que já fazem é que vão responder que sim. É muito importante! Perde quem não faz, ou não se habituou a fazer, pois condiciona nosso corpo para a atividade e previne lesões.

Controlar o peso é uma forma de se ter cuidado com os pés? Definitivamente, sim! E não pode se restringir aos pés, e sim à nossa própria saúde. Quem cuida do peso, e consegue mantê-lo dentro dos parâmetros normais, dificilmente terá problemas nos pés decorrentes da prática de alguma atividade física, seja qual for a escolhida.

Sendo assim, fica fácil saber que nossos pés são nossos aliados na busca não só pela melhor atividade física à nossa disposição, mas também pela mais compatível e que vá nos trazer os maiores benefícios. Afinal, eles servem não só para nos levar à frente. Mas também para nos conduzir às nossas conquistas.