A- A+

Artigos Médicos

Luiza Toscano

Luiza Toscano

CRM-PB: 9935 Especialidade: Oftalmologia

De olho no diabetes: complicações oculares

Publicada em 17/11/2017 às 18h00

Diabetes é uma doença metabólica crônica caracterizada por elevados níveis de glicose (açúcar) sanguínea que pode ocasionar, ao longo do tempo, danos ao coração, vasos sanguíneos, olhos, rins e nervos. Estima-se que 422 milhões de adultos tenham diabetes. O tipo mais comum de diabetes é o tipo 2, que acomete mais adultos, quando o corpo começa a ficar resistente à insulina ou não a produz de forma suficiente. Nas últimas décadas, o diabetes tipo 2 tem aumentado expressivamente em vários países, principalmente com o aumento da prevalência de sobrepeso e obesidade. O diabetes tipo 1, geralmente, acontece em pacientes mais jovens e é uma condição em que o pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina para o corpo.

 

O diabetes - tanto o tipo 1 quanto o tipo 2 - pode ocasionar várias complicações oculares, podendo levar inclusive à cegueira. Por isso, todo diabético deve ter especial cuidado com a saúde dos olhos. Dentre estas alterações, podemos citar as refracionais, ou seja, no “grau do óculos” que o paciente usa, estrabismo, catarata, glaucoma e retinopatia diabética.

 

A retinopatia diabética é o nome que se dá ao comprometimento do fundo do olho causado pelo diabetes e se desenvolve em quase todas as pessoas com diabetes tipo 1 e em mais de 77% daquelas com o tipo 2, que sobreviveram mais de 20 anos com a doença. Retinopatia diabética é uma complicação grave que, se não diagnosticada e tratada a tempo, pode provocar severa perda da visão, sendo uma das principais causas de cegueira no mundo.

 

A prevenção dos problemas oculares causados pelo diabetes deve ser feita através do controle da glicemia (açúcar do sangue) e de outras doenças que o paciente apresente, como hipertensão arterial sistêmica. Para tanto, é necessário acompanhamento com o endocrinologista e o médico oftalmologista. O diagnóstico e o tratamento precoce das complicações oftalmológicas são importantíssimos para preservação da visão e prevenção da cegueira.