A- A+

Artigos Médicos

Thiago Henrique Fernandes Carvalho

Thiago Henrique Fernandes Carvalho

CRM-PB: 6455 Especialidade: Clínica médica

Saúde e qualidade de vida

Publicada em 30/03/2018 às 18h00

A Organização Mundial da Saúde (OMS) celebra todos os anos, na data de 7 de abril, em comemoração à sua constituição, o Dia Mundial da Saúde. A cada ano, um tema diferente é escolhido para que seja cenário de debates, buscando promover a sensibilização entre os seus Estados-Membros.  Este ano, o tema é Saúde para Todos.

Muitas pessoas se consideram saudáveis quando estão sem nenhuma doença, porém a ausência de enfermidades não significa necessariamente saúde. Dizer que uma pessoa é saudável requer a análise de um conjunto de fatores, tais como qualidade de vida, aspectos físicos e mentais, segundo conceitos da própria OMS. Apesar da subjetividade, inerente a quando nos referimos à qualidade de vida, já que se trata de uma percepção do indivíduo, todos sabem que um pré-requisito essencial para logramos esta é termos saúde.

Nos dias atuais, em que a rapidez por resultados nos faz querer sempre “pegar” um atalho, o qual muitas vezes nos leva a procurar tratamentos ou procedimentos milagrosos, que como sabemos, em longo prazo, não trazem os desfechos esperados, acabamos nos afastando de uma verdade simples e reveladora: “prevenir é melhor que remediar”. Parece até um conselho de uma avó carinhosa, porém é uma frase que resume muito bem a condição para que tenhamos uma vida salutar.

Quanto tempo você dedicou esse mês a você mesmo? E essa semana, que atividades físicas você praticou? Que refeição balanceada você fez hoje? Talvez ao respondermos esses questionamentos de forma negativa, iremos nos dar conta de que estamos esquecendo o básico, que a saúde e a qualidade de vida que alcançamos através dela. É uma construção diária em que exercícios, dieta adequada e medidas preventivas, como se consultar com seu médico regularmente, se misturam de tal forma que com o tempo é impossível desmembrar essas ações umas das outras. E só assim conseguimos evitar o surgimento de centenas de enfermidades, lembrando que a prevenção e os conselhos da “vó” devem sempre estar presentes na nossa vida.