Hospital Alberto Urquiza Wanderley

Cuidados simples no dia a dia podem ajudar a evitar novo coronavírus

A- A+
Publicada em 03/02/2020 às 07h
A higienização das mãos é uma das medidas eficazes para o combate às doenças respiratóriasA higienização das mãos é uma das medidas eficazes para o combate às doenças respiratórias

O mundo todo está falando sobre o aparecimento do novo coronavírus, que ataca o sistema respiratório. O novo vírus se espalhou a partir da região de Wuhan, na China. Apesar de não haver casos confirmados no Brasil, a Unimed João Pessoa está acompanhando a situação e já validou um fluxograma de atendimento a pacientes com suspeita de contágio.

A Unimed JP está adotando medidas preventivas para atender casos suspeitos de contaminação. Um nota técnica com orientações foi elaboradora pelo Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do Hospital Alberto Urquiza Wanderley, que pertence à Unimed JP. O documento foi amplamente divulgado com todos os profissionais de saúde que atuam nos hospitais próprios da Unimed JP e demais unidades de atendimento ao público. Por isso, em caso de suspeita do novo coronavírus, há um protocolo a ser seguido.

A infectologista do Hospital Alberto Urquiza Wanderley, Helena Germóglio, especialista em controle de infecção hospitalar, disse que a população pode ficar tranquila, porém, medidas de precaução devem ser mantidas. “A etiqueta respiratória, que é quando cobrimos nariz e o boca ao tossir ou espirrar, e a higienização das mãos são medidas muito eficazes para o combate às doenças respiratórias”, explicou.

CUIDADOS

Os cuidados para evitar a contaminação pelo coronavírus são, basicamente, os mesmos tomados para outras doenças respiratórias, como a gripe. Deve-se sempre higienizar as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos; colocar o antebraço na frente do nariz e da boa ao espirrar ou tossir; ao pegar em objetos de uso comum, como maçanetas ou apoios em ônibus coletivos, não levar a mão à boca ou aos olhos; e usar álcool 70%. Uma dica valiosa, é sempre ter na bolsa um frasco com o álcool.

TRANSMISSÃO

E atenção: não é preciso entrar em pânico se estiver perto de uma pessoa com tosse ou outros sintomas de gripe. Casos só são suspeitos para o novo coronavírus quando apresentam febre associada a outros sintomas respiratórios; quando a pessoa esteve na China; ou entrou em contato próximo com caso suspeito ou confirmado nos últimos 14 dias. 

É prudente adotar algumas medidas para reduzir o risco geral de infecções respiratórias agudas:

  • Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
  • Higienizar as mãos com frequência, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
  • Praticar a etiqueta respiratória, que é cobrir a boca ao tossir e respirar;  
  • Evitar locais com aglomeração de pessoas.