Unimed João Pessoa

Notícias

Ação de humanização marca rotina da Unidade de Oncologia da Unimed JP

A- A+
Publicada em 08/05/2019 às 07h
Karla Fernanda Barreto foi surpreendida com uma comemoração no final do seu tratamento: alegriaKarla Fernanda Barreto foi surpreendida com uma comemoração no final do seu tratamento: alegria

Se sentir bem e acolhido é fundamental quando estamos passando por um tratamento de saúde. E quando a busca é para a cura de um câncer, o carinho e a atenção integral dedicados ao paciente são ainda mais importante. Ao se sentir bem amparado e seguro, a imunidade aumenta refletindo-se positivamente na recuperação.

Com esse cuidado, a Unidade de Oncologia e Medicamentos Especiais da Unimed João Pessoa, que funciona no Hospital Alberto Urquiza Wanderley, desenvolve uma série de ações de humanização, que fazem com que pacientes e equipes se tornem uma família.

E é com muito carinho que a recepcionista Karla Fernanda de Araújo Barreto se lembra da despedida que foi preparada após o encerramento de seu tratamento, quando ela passou pelo Projeto Renascimento. “Foi muito emocionante. A gente passa por muita coisa. Foram oito sessões de quimioterapia e não foi fácil. No final, ver meus amigos, minha família e o pessoal da Oncologia - que também se tornou uma família para mim-, foi maravilhoso. Vou sempre agradecer tudo o que fizeram por mim”, revelou.

O Projeto Renascimento é uma comemoração realizada no dia em que o paciente recebe a última dose de quimioterapia. O leito é decorado, a família convidada e os colaboradores realizam homenagens com direito à música, oração e agradecimento ao recomeço da vida. Fernanda diz que o projeto tem o nome que merece. “Eu renasci depois daquelas sessões, renasci para uma nova vida, comecei um novo ciclo, com vida para frente”, contou.

Mesmo precisando ir à unidade de Oncologia buscar medicação, ela afirma que a sensação é de boas recordações. “Não é um ambiente que me dá tristeza, pois é bom ver aquelas pessoas que sempre me trataram com muito carinho”.

A coordenadora médica da Unidade, a oncopediatra Andrea Gadelha, explica que é muito importante que os pacientes tenham acesso a estes projetos de humanização enquanto estão em tratamento. Para ela, oferecer essas ações é um ato de solidariedade, compromisso com a qualidade de vida e comprometimento com a assistência. “A Unimed João Pessoa atua de forma humanizada, não trata apenas de doenças, mas cuida de pessoas. Esse é nosso jeito de cuidar”, lembrou.

ANIVERSÁRIO

E as ações de humanização não param por aí. Quando o paciente faz aniversário durante a internação, essa data é lembrada através da decoração do leito e o registro de mensagens de otimismo. A ideia é reafirmar o sentimento de vitória e amor à vida. Foi o que ocorreu com o paciente Moisés Lima e Silva Carneiro, 15 anos. No ano passado, ele teve um aniversário especial no Hospital Alberto Urquiza Wanderley.

Moisés estava no meio do tratamento contra um câncer nos ossos, mas o carinho recebido naquele dia o marcou. “Eu senti uma emoção muito grande. Estar no meio de um tratamento e os funcionários lembrarem de comemorar essa data, foi muito especial. Teve bolo, teve música”, recordou.

O adolescente concluiu o tratamento e quando precisa retornar à Unidade de Oncologia uma vez por mês para limpar o cateter ou realizar algum exame, se sente acolhido. “Todos me atendem de uma forma muito carinhosa”, garantiu.

E esse cuidado do paciente como um ser integral acontece com todos que estão em tratamento na Unidade de Oncologia e Medicamentos Especiais. O paciente não é visto apenas como uma pessoa que está ali combatendo uma doença, mas como um ser humano que precisa de carinho e de atenção. Por isso, todos os colaboradores, sejam recepcionistas, enfermeiros ou médicos têm um carinho especial por cada um que que é atendido.

OUTRAS AÇÕES

Assim como ocorre na data de aniversário, ou no último dia de tratamento quimioterápico, as datas comemorativas como Natal e Dia das Mães também são lembradas com muita alegria na Unidade de Oncologia e Medicamentos Especiais da Unimed JP. Semanalmente, há ainda a musicoterapia, quando os pacientes escutam músicas ao vivo.

Outro projeto interessante é o Follow Up, que disponibiliza um telefone para tirar dúvidas sem precisar sair de casa, o que evita o retorno deles ao hospital sem uma necessidade iminente. O chá da tarde, que são encontros semestrais. Música orações, depoimentos e bate-papo fazem parte da programação.