Unimed João Pessoa

Notícias

Mais humanização para o paciente internado em UTI

A- A+
Publicada em 14/06/2019 às 10h
Familiares têm acesso as unidades de terapia intensiva para acompanhar parentes: benefíciosFamiliares têm acesso as unidades de terapia intensiva para acompanhar parentes: benefícios

“Tenho certeza que a melhora na saúde da minha mãe aconteceu mais rápido por ela saber que tinha alguém da família do lado dela. Esse projeto que dá a oportunidade dos familiares acompanharem seu ente querido na UTI é muito importante”, afirmou Marli Ribeiro da Silva, que esteve sempre ao lado da sua mãe, Angela Texeira, aposentada com 80 anos, que ficou internada durante 23 dias na unidade intensiva.

Assim como Marli e sua mãe Angela, outros pacientes podem se beneficiar com o Projeto Visita Ampliada, que permite aos familiares de pacientes internados em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Alberto Urquiza Wanderley ficar até 12 horas por dia acompanhando o seu ente querido.

Uma série de benefícios para a saúde do paciente é obtida quando o familiar pode fazer parte do tratamento. “Minha mãe teve amor, carinho, escutava a minha voz, sentia meu toque e isso é muito importante. Ela ficava calma, pois sabia que quando chamava por um parente, eu estava lá. Ela sabia que não estava sozinha”, disse Marli, no momento em que sua mãe recebia alta da UTI para um apartamento.


ENTENDA MAIS

Na prática, a Visita Ampliada faz parte do tratamento. É como se fosse mais uma medicação que o paciente recebe. Mas, como toda medicação, primeiro é avaliado se a iniciativa realmente vai trazer benefício para cada um dos pacientes.

A ideia da Visita Ampliada é proporcionar bem-estar e segurança ao paciente, porque esse cuidado também é uma forma de aumentar a imunidade do paciente. E a presença de um familiar na UTI pode fazer com que ele se recupere mais rápido, reduzindo o tempo de internação.

COMO FUNCIONA

A Visita Ampliada funciona da seguinte forma: até dois familiares por paciente podem se habilitar a permanecer no local por até 12 horas por dia. Eles deverão, obrigatoriamente, passar por uma capacitação em boas práticas na visita ao paciente internado na UTI.

Esta reunião ocorre diariamente nas unidades participantes do projeto. Para saber mais sobre a Visita Ampliada, a pessoa deve se informar sobre os horários com o setor de psicologia do hospital.

BENEFÍCIOS

O maior tempo de contato do paciente com seus familiares próximos em um momento de fragilidade possui diversos benefícios. Veja quais.


Para os pacientes:

  • Reduz o medo, estresse e ansiedade
  • Permite um maior entendimento sobre a saúde do paciente, contribuindo para o esclarecimento de dúvidas sobre seu quadro clínico
  • Melhora a compreensão do paciente por parte da equipe da UTI (o familiar pode auxiliar a equipe a entender melhor o paciente).

Para os familiares

  • Também reduz o medo, estresse e ansiedade;
  • Permite maior entendimento sobre o estado de saúde do seu familiar internado.

Como o acompanhante pode ajudar

  • Auxiliando a equipe de profissionais da UTI a entender melhor o paciente
  • Ajudando o paciente a compreender as informações sobre o estado de sua saúde
  • Contribuindo para reforço da aderência do paciente ao tratamento
  • Participando de medidas voltadas para reorientação do paciente
  • Auxiliando a reduzir a ansiedade, o medo e a dor do paciente


ESTUDO

No final de 2016 e começo de 2017, o Alberto Urquiza participou de um estudo junto ao Ministério da Saúde (MS) e ao Hospital Moinho dos Ventos, que constatou os benefícios clínicos para o paciente quando ele pode ficar mais tempo perto dos seus familiares, mesmo internado em uma UTI. Por isso, depois de constatados os benefícios, o Alberto Urquiza implantou o Projeto Visita Ampliada na UTI Geral, UTI Coronariana e UTI Clínica. A visita nas UTIs Pediátrica e Neonatal já acontecem de forma livre para os pais.