Unimed João Pessoa

Notícias

Unimed JP se une a ONU em defesa do Pacto Global; assista a vídeo

A- A+
Publicada em 17/10/2019 às 15h

A desigualdade social e as mudanças climáticas exigem a atenção de todos pelos impactos que geram no planeta. Para mudar essa realidade, cada um precisa fazer a sua parte. E foi com esse propósito que a Unimed João Pessoa tornou-se signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), a maior iniciativa mundial para a sustentabilidade.

A parceria entre as duas instituições foi oficializada em uma solenidade realizada nessa quarta-feira (16), às 19h, no Hotel Verde Green, e contou com a presença de representantes do poder público, empresas privadas, organizações não governamentais, médicos cooperados, colaboradores e fornecedores da Unimed JP, imprensa e sociedade. 

O termo foi assinado pelo presidente do Conselho de Administração (Conad) da Unimed João Pessoa, Demóstenes Paredes Cunha Lima, e pelo representante da ONU, Marcelo Abrantes Linguitte. Também esteve no evento, a superintendente de Comunicação e Sustentabilidade da Central Nacional Unimed (CNU), Kátia Okumura Oliveira.

Ao se tornar signatária do Pacto Global, a Cooperativa se une a ONU na desfesa dos princípios universais e nas práticas de négocios alinhadas aos direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção. O objetivo é contribuir um mundo mais igualitário e um planeta mais sustentável. Na ocasião foi apresentado um vídeo falando sobre o papel da Unimed JP em relação aos objetivos a serem alcançados com essa parceria (assista!).

“A alegria e o orgulho dessa solenidade me permitem acrescentar também a esperança de que cada vez mais empresas, instituições e governos se integrem a essa grande cruzada do desenvolvimento sustentável”, afirmou o presidente Demóstenes Paredes Cunha Lima, ao destacar a importância da assinatura do Pacto Global para a sociedade em todo o mundo e para a Unimed JP, que contribui direta e indiretamente para o desenvolvimento da Paraíba.

FORTALECIMENTO DAS AÇÕES 

Todo o caminho percorrido pela Unimed JP, desde a construção de uma política de sustentabilidade socioambiental até a assinatura do Pacto Global, foi explicado pelo presidente do Comitê de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental da Unimed João Pessoa e assessor de Desenvolvimento Humano da Unimed João Pessoa, Gláucio Nóbrega. “Pesquisamos, estruturamos, criamos um comitê, uma política. E isso tudo culminou com esse momento”, afirmou o assessor.

Para traduzir o sentimento do trabalho desenvolvido pela Cooperativa, Gláucio Nóbrega, citou uma frase da Santa Tereza de Calcutá: “Por vezes, sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota”.

O encerramento do evento contou a apresentação do Coral Jovem Unimed João Pessoa, uma das cerca de 30 ações de responsabilidade socioambiental já desenvolvidas pela instituição. O grupo cantou “Sal da Terra”, de Beto Guedes, e finalizou com a música “Porta do Sol”, de autoria do paraibano Flávio Eduardo, que fala do lugar onde o sol nasce primeiro e também sobre esperança.

DEPOIMENTOS 

A parceria firmada com a Organização das Nações Unidas vai aprimorar as ações de responsabilidade socioambiental que a Unimed João Pessoa realiza desde a sua fundação, em 1971, e que vem a cada ano se fortalecendo. Um dos avanços foi a construção da Política de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental, lançada no final do ano passado. Veja depoimento de representantes da ONU e da CNU:

“As empresas, como a Unimed João Pessoa, entenderam que é possível serem competitivas no mercado, apresentarem bons resultados financeiros, mas também serem éticas, transparentes, defender atitudes igualitárias e mais justas, se comprometendo com o presente e o futuro da sociedade”. 

Marcelo Abrantes Linguitte, representante da ONU 

“Gratificante é está aqui hoje e presenciar a assinatura da Unimed João Pessoa ao Pacto Global, que é um passo importante para mudar o mundo, diminuindo as desigualdades sociais e nos trazendo a esperança de um planeta mais sustentável e um mundo melhor”. 

Kátia Okumura Oliveira, superintendente de Comunicação e Sustentabilidade da CNU