A- A+

Artigos Médicos

Anna Caroline N. Machado Arruda

Anna Caroline N. Machado Arruda

CRM-PB: 4528 Especialidade: Alergologia eImunologia

Em tempos de Covid-19, como reforçar a imunidade

Publicada em 12/06/2020 às 18h41

A primeira boa notícia é que a imunidade está, em condições regulares, sempre pronta para atuar diante dos vírus, bactérias e demais patógenos que nos atacam. Há uma “guerra” diária entre esses agentes causadores de infecções e o Sistema Imune. No entanto, podemos ajudá-lo, de forma contínua, regular e diária. Não há um medicamento milagroso que tenha impacto direto na imunidade. As ações favorecedoras são:

  1. Reduza o estresse, situação onde acontece uma descarga de adrenalina e glicocorticoides, no sangue, que atuam como inibidores da imunidade.
  2. Pratique exercícios físicos, como forma de estimular a produção de células imunes e promover a circulação sanguínea adequada, conduzindo-asaos locais onde precisarão atuar.
  3. Regule o sono; durma, no mínimo, 8h/dia, para que aconteça o equilíbrio do Sistema Imune, com a produção de células de defesa.
  4. Mantenha a alimentação rica em fibras,vitaminas e proteínas, pobre em gorduras e carboidratos. Atenção para aos níveis de Vitamina D, vitamina C, Vitamina B12 Ferro, Zinco, Cobre e Selênio, cofatores na resposta imune.
  5. Controle o tratamento das doenças crônicas (Diabetes, doenças cardiovasculares, insuficiência renal, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, Obesidade, AIDS, Imunodeficiências e os diversos tipos de Cânceres), as quais aumentam a suscetibilidade para adquirirem doenças infecciosas, devendo-se manter o tratamento contínuo. Os pacientes idosos, as crianças, os transplantados, assim como aqueles em tratamento com quimioterápicos e imunossupressores também são considerados de risco.

A segunda boa notícia é que as medidas para ajudar o sistema imune são, relativamente, simples, possíveis de serem executadas e com um grande impacto na nossa saúde. Indicado, ainda, exames periódicos para avaliação da imunidade, com o objetivo de diagnóstico precoce de doenças imunes. CUIDEM-SE!