A- A+

Artigos Médicos

Joaquim P. Martins

Joaquim P. Martins

CRM-PB: 482 Especialidade: Nefrologia

O maestro da saúde

Publicada em 29/03/2019 às 19h17

Nosso organismo é formado por figurantes com funções bem definidas e complexas responsáveis pela vida de qualquer ser vivente. Estamos diante de órgãos bem definidos e responsáveis pela estabilidade do ser humano e que trabalharão em conjunto, necessitando, no entanto, de um maestro para reger a grande orquestra que é o nosso organismo.

E o maestro escolhido para reger a filarmônica foram os rins, que manterão ligação direta e controladora do funcionamento do coração, fígado, adrenais, pulmões e vasos, para citar apenas alguns dos órgãos, mas que na realidade deverão controlar o funcionamento de todo o ser vivente.

Depois da saída do ambiente seguro e silencioso do útero, haverá periódicas alterações no funcionamento dos aparelhos e sistemas para mais ou para menos, necessitando sempre da ajuda do maestro. Exemplos: quando a pressão começa a desequilibrar, são os hormônios produzidos pelos rins que vão ajudar a manter os níveis originais; quando começa a haver retenção de líquidos, os rins são acionados para eliminar o excesso; quando o metabolismo dos eletrólitos ou das proteínas sai do equilíbrio, os rins procuram estabilizá-los.

Enfim, qualquer mudança no contexto original desencadeia a ação dos rins que, em última análise, estão presentes no nosso organismo para organizar e equilibrar. Ou seja, para manter o organismo em constante equilíbrio. Nos últimos quinze anos, o número de paciente em terapia de substituição renal, isto é hemodiálise, dobrou, e os principais responsáveis para esse alarmante índice são hipertensão arterial, envelhecimento da população, diabetes e obesidade.

Infelizmente, o diagnóstico e tratamento específico somente acontecem nas últimas etapas da doença. O manejo e a reversão do quadro clínico com a competente prevenção e avaliação da função renal, com antecedência, diminuiriam drasticamente essa alarmante estatística. Todos os anos, é celebrado o Dia Mundial do Rim para chamar a atenção para o cuidado na prevenção das doenças renais. Este ano, a obesidade foi escolhida como fator predisponente das doenças renais, pois os rins sofrem com a adiposidade.