A- A+

Artigos Médicos

Lia Cavalcante

Lia Cavalcante

CRM-PB: 6865 Especialidade: Otorrinolaringologia

Cuidados com o ouvido no verão

Publicada em 18/01/2019 às 18h

As férias e o verão fazem a combinação perfeita para banhos de mar e piscina. Mas, para algumas pessoas, as lembranças podem não ser as melhores... É preciso ficar atento aos cuidados que devemos ter para evitar problemas de saúde. Entre esses cuidados, é relevante uma atenção com os ouvidos. Nessa época, os casos de infecções no ouvido aumentam consideravelmente comparados ao restante do ano. Acometem pessoas de qualquer idade, principalmente as crianças por gostarem da diversão prolongada na água.

Às vezes, em uma simples brincadeira de criança na água, mergulhar ou nadar, a água pode entrar no ouvido, mudando as suas defesas. No conduto auditivo externo até o tímpano, pode ocorrer um acúmulo de água contaminada, deixando ambiente úmido, facilitando assim o crescimento de bactérias. É o que conhecemos de otite externa.

As infecções de ouvido externo costumam ser bem dolorosas. Fique atento porque alguns sintomas como a sensação de ouvido cheio, perda de audição temporária (enquanto durar a infecção) e zumbido (som tipo apito ou chiado no ouvido) caracterizam alguma infecção.

O ideal para evitar esse tipo de infecção é, primeiramente, conhecer as condições da água, evitando banhos em locais impróprios. Sempre secar os ouvidos adequadamente após cada entrada na água. Caso a pessoa perceba que tem água no ouvido, movimente levemente a orelha ou deite de lado. Mas, nunca utilize produtos líquidos como álcool, azeite ou qualquer outra substância dentro dos ouvidos para retirar a água sem ter uma orientação de um especialista. Essas atitudes podem agravar o quadro infeccioso ou causar outras lesões no ouvido.