A- A+

Artigos Médicos

Wanicleide Leite

Wanicleide Leite

CRM-PB: 3884 Especialidade: Ginecologista e Obstetra

Endometriose

Publicada em 11/07/2010 às 00h

A endometriose é caracterizada pela presença de tecido semelhante a mucosa do útero (endométrio) fora do útero, que invade peritônio, ovários, trompas, septo retovaginal ou outras áreas não genitais, como por exemplo intestino e pulmão.

A infiltração do tecido endometrial para a parede do útero (miométrio) chama-se adenomiose. A real prevalência da doença na população feminina é desconhecida.

Para o seu diagnóstico, é necessário um procedimento invasivo, indicado quando a mulher está investigando a causa de dor pélvica crônica ou quando está pesquisando causas de infertilidade.

Quando esses procedimentos são realizados para diagnóstico de dor pélvica crônica encontra-se, em 40% dos casos, a endometriose. E quando é para investigação de infertilidade, a endometriose está presente em 30% dos casos. Afeta mais mulheres na terceira e quarta décadas de vida, em sua maioria sem gestação prévia, mas pode atingir a mulher em qualquer fase da sua vida reprodutiva.

A sintomatologia que compõe o quadro clínico é caracterizada por dores em cólica de forte intensidade no período menstrual, dor na relação sexual, infertilidade em alguns casos, tumores ovarianos benignos (endometriomas).

Outros sintomas relacionados a alterações intestinais e urinárias também são comuns. O tratamento deve se basear na queixa principal: infertilidade ou dor pélvica.

Inicia-se com tratamento clínico para aliviar a dor. Tem-se usado os anticoncepcionais combinados de forma contínua, e também outros medicamentos hormonais com objetivo de suspender a menstruação. Entretanto, muitas vezes, somente o tratamento cirúrgico pode ser eficaz.

Infelizmente, o diagnóstico é tardio e os tratamentos ainda não estão bem definidos.

O longo período de sintomas gera transtornos emocionais, como ansiedade e depressão, que não podem ser negligenciados pelo ginecologista. Quando evidentes, a intervenção medicamentosa e/ou psicoterapêutica devem ser propostas.