A- A+

Blog da Saúde

Curso gratuito ajuda as mamães na importante tarefa da amamentação

Publicada em 30/08/2019 às 07h
Curso gratuito ajuda as mamães na importante tarefa da amamentação

Além de ser um gesto de amor, a amamentação traz benefícios para o bebê e para a mãe. Esse ato, porém, pode trazer dúvidas para as mulheres, principalmente, as que vivenciam a primeira gestação. Com foco no bem-estar dos clientes, a Unimed João Pessoa oferece o curso de amamentação, que será realizado no dia 19 de setembro, no Viver Melhor, Torre.

O objetivo é ajudar as mamães nesta importante tarefa. As inscrições estão abertas. A atividade faz parte do Grupo de Educação em Saúde (GES) Mãe e Bebê, iniciativa da Unimed JP que orienta as grávidas para uma gestação saudável e tranquila. Durante o curso, uma equipe multidisciplinar abordará temas como os aspectos emocionais e nutricionais da amamentação.

 

A atividade será realizada das 13h30 às 17h30 e o público-alvo são as clientes da Unimed JP que estão em qualquer idade gestacional. É permitido levar um acompanhante.

BENEFÍCIOS

O leite materno é o único alimento que o bebê necessita para se desenvolver com saúde. Veja alguns benefícios da amamentação para a mãe e o bebê.

  • O ato de amamentar ajuda o útero da mulher a voltar mais rapidamente ao tamanho normal, no pós-parto.
  • A amamentação da criança até os seis meses de vida evita os riscos de câncer de mama na mãe.
  • O leite materno tem todos os nutrientes que o bebê necessita até os seis meses de vida, inclusive água.
  • Ao amamentar, a mãe passa para o filho anticorpos que vão proteger o recém-nascido de problemas como infecções e alergias.
  • A ingestão de leite materno reduz os riscos da incidência do colesterol alto, hipertensão e obesidade na vida adulta.


INSCRIÇÕES

As inscrições para o curso podem ser feitas pela internet, telefone ou presencialmente, no Viver Melhor. Veja como:
 

Internet:  www.unimedjp.com.br/ viver-melhor

Telefone:  2106-0430 e 3506-8700

Presencialmente: Viver Melhor (Avenida Bento da Gama, nº 396, Torre)
 

ANOTE

Data do curso:
19/09/2019

Horário: 13h30 às 17h30

Local: Viver Melhor

Público-alvo: gestantes (clientes Unimed JP), em qualquer idade gestacional. Pode trazer um (01) acompanhante de livre escolha.

Viver Melhor: um espaço de saúde, bem-estar e qualidade de vida

Publicada em 29/08/2019 às 07h
Viver Melhor: um espaço de saúde, bem-estar e qualidade de vida

Um espaço bem localizado, aconchegante, que oferece aos clientes da Unimed João Pessoa atividades gratuitas de promoção à saúde e qualidade de vida. Assim é o Viver Melhor, que completa seis anos de existência nesta quinta-feira (29).

A criação do Viver Melhor, em agosto de 2013, representou uma nova dimensão no trabalho de ações preventivas da Cooperativa, oferecendo aos clientes um serviço de orientação profissional com foco na saúde, no bem-estar, na qualidade de vida, na prevenção e no controle de doenças. É nesse espaço que a Unimed JP cuida de forma integral, não apenas dos clientes, mas também dos colaboradores e médicos cooperados. Desde que foi implantado, tem sido um importante diferencial da instituição.

Atualmente, no local, são oferecidos cinco grupos de educação em saúde:  60+Feliz, Inspire Saúde, Mãe e Bebê, Diabetes e Equilíbrio do Corpo. Os participantes recebem o acompanhamento de uma equipe interdisciplinar, formada por endocrinologista, enfermeira, nutricionista e psicóloga.

No ano passado, o Viver Melhor passou a funcionar em um novo endereço, no bairro da Torre, próximo à Operadora. A estrutura do prédio conta, entre outras dependências, com um auditório e consultórios para melhor receber os clientes que fazem parte dos programas de promoção da saúde.
 

O espaço está integrado à modalidade de assistência no gerenciamento de doenças, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos beneficiários em todos os seus aspectos, sejam físicos ou emocionais. Nele, são oferecidas informações qualificadas para estimulá-los a adquirir hábitos de vida favoráveis à saúde. "Melhor do que tomar medicação, é se antecipar à doença. E o Viver Melhor proporcionar aos nossos clientes uma busca pela qualidade de vida, seja nas atividades orientadas pelos nossos profissionais nesse espaço, como os grupos de educação em saúde; seja em áreas públicas, como o Jampa Saúde", enfatizou o gestor de Provimento de Saúde da Unimed JP, Alexandre Araruna.


CONHEÇA OS GRUPOS

Os Grupos de Educação em Saúde (GES) têm a finalidade de orientar os clientes para a adoção de hábitos mais saudáveis. Esse cuidado da Unimed JP segue a linha de que promover a saúde é mais vantajoso do que tratar doenças. As iniciativas são desenvolvidas pelo Setor de Promoção da Saúde da Cooperativa. Veja abaixo o que cada um dos grupos oferece:

Inspire Saúde – O grupo tem o propósito de ajudar os clientes fumantes a deixar o tabagismo e conquistar mais qualidade de vida, prevenindo riscos de doenças relacionadas ao cigarro.

60+Feliz – Os clientes da Unimed JP com 60 anos ou mais recebem, nos seis encontros  do grupo, informações como aspectos nutricionais e emocionais da terceira idade, a importância da adoção de atividade física regular, direito dos idosos e muito mais.

Mãe e Bebê – Com o objetivo de orientar as grávidas para uma gestação saudável e tranquila, o grupo aborda vários temas importantes, voltados a essa fase da vida, a exemplo da preparação para o parto e amamentação.  Há encontros diurnos e noturnos.   

Diabetes – O grupo é voltado aos clientes, médicos e funcionários da Cooperativa que têm diabetes ou pré-diabetes. Para participar, é preciso ter mais de 20 anos de idade. Entre os assuntos abordados estão alimentação saudável e hipoglicemia.

Equilíbrio do Corpo – O grupo é um importante aliado na prevenção do sobrepeso e da obesidade, oferecendo informações como controle do peso e atividade física. O participante deve ter idade mínima de 18 anos e também realizar uma avaliação física para verificação do Índice de Massa Corporal (IMC) e da circunferência abdominal.

OUTRAS ATIVIDADES

Além dos Grupos de Educação em Saúde (GES), o Viver Melhor também disponibiliza atividades paralelas, que reforçam alguns temas sobre bem-estar, saúde e qualidade de vida. São oficinas, palestras, workshops e outras ações que abordam temas relevantes para os clientes, como oficina de saladas e de papinhas. Para saber mais sobre o Viver Melhor, os grupos de educação em saúde e a programação de atividades, acesse o Portal Unimed JP, na Seção Viver Melhor. Se preferir, CLIQUE AQUI.

 

 

Veja o que a Unimed JP preparou para as clientes no Viver Melhor

Publicada em 28/08/2019 às 07h
Veja o que a Unimed JP preparou para as clientes no Viver Melhor

A Unimed João Pessoa reservou, no último sábado (24), um momento especial com clientes e profissionais de saúde para falar sobre a importância do aleitamento materno. O tema fez referência à Semana Mundial de Aleitamento Materno, que acontece anualmente no início de agosto.

O evento, organizado pela Promoção da Saúde da Cooperativa, no Viver Melhor, reuniu gestantes e mães que participam ou já passaram pelo Grupo de Educação em Saúde Mãe e Bebê. Muitas dessas clientes vieram acompanhadas dos maridos. A programação contou com uma roda de conversa, relato de experiências, apresentação de sling, atividades de alongamento e entrega de brindes.

Um dos momentos mais marcantes do encontro foi o depoimento da professora Adeilma Neres da Silva, 33 anos. Ela contou que após um parto complicado, precisou ficar cinco dias no Hospital Alberto Urquiza Wanderley, mas, independentemente da situação, não deixou de amamentar o filho já nos primeiros dias de vida. "Não teve pressão alta, anemia ou qualquer outro problema que me impedisse de amamentar. Foi uma das coisas mais lindas que fiz na vida", reforçou Adeilma.

O leite materno foi o alimento exclusivo de Samuel até os seis meses de vida. O menino, que nasceu pequeno para a idade gestacional, ganhou peso rapidamente, trazendo mais tranquilidade à família.

AJUDA DO MÃE E BEBÊ

A espera para a chegada de Samuel foi vivida intensamente por Adeilma e pelo marido,Tiago Gabriel. Os pais não pouparam esforços para recebê-lo com muito amor e segurança. Para se ter ideia, eles saíam de Belém, cidade que fica a mais de 100 quilômetros distante de João Pessoa, para participar dos encontros do Grupo Mãe e Bebê. Alias, foi o marido quem a incentivou a frequentar as reuniões. "Esses encontros nos ajudaram muito durante a gestação", frisou Adeilma.

O casal fez questão de levar o pequeno Samuel, hoje com pouco mais de um ano de vida, para o evento. Eles compartilharam com os presentes como foi importante a decisão de amamentá-lo. O grupo Mãe e Bebê é exclusivo para clientes gestantes ou com recém-nascidos. Saiba mais sobre o grupo, clicando aqui.


SAÚDE E PREVENÇÃO

No decorrer da manhã, as clientes ainda puderam tirar dúvidas sobre a amamentação, os mitos e verdades da alimentação durante a gravidez e muitos outros assuntos com a pediatra Andrea Gondim, coordenadora médica do Viver Melhor. Entre os temas abordados, ela destacou como o estresse pode interferir na amamentação. “Na amamentação, a mãe precisa estar tranquila, em um ambiente apropriado e calmo para que o bebê consiga sugar corretamente a mama e se alimentar”.

Já a pediatra Alexandrina Lopes, gestora clínica do Hospital Alberto Urquiza Wanderley, lembrou os benefícios do leite materno, tanto para a mãe como para o bebê. Segundo ela, a política da amamentação exclusiva até os seis meses de vida, evita seis milhões de mortes por ano. “O ato de amamentar previne o câncer de mama e de útero na mãe. Nas crianças, evita doenças como diabetes e reforça a imunidade dos bebês. A amamentação ainda é um ato de amor”, reforçou a gestora.


A atividade foi encerrada com um coffee break, em que os participantes puderam se confraternizar, trocar experiência e aproveitar um momento bem especial. Se você deseja conhecer mais sobre o Viver Melhor e os serviços que ele oferece, acesse aqui. 

 

Assista a entrevista de pneumologista sobre malefícios do tabagismo

Publicada em 26/08/2019 às 07h
Assista a entrevista de pneumologista sobre malefícios do tabagismo

Por que parar de fumar? Essa pergunta foi respondida pelo pneumologista Sebastião de Oliveira Costa, médico cooperado da Unimed João Pessoa, durante o programa Papo Saúde deste mês de agosto, veiculado no Facebook da Cooperativa e, agora, também no Instagram. Durante o programa, o médico abordou os malefícios do cigarro e mostrou alternativas para quem quer parar de fumar.

Segundo ele, o cigarro possui 4.720 substâncias nocivas ao corpo humano, que podem causar 56 doenças. "Quando se para de fumar é como se estivesse tomando uma vacina contra todas essas doenças, principalmente as três mais graves: enfisema pulmonar, infarto do miocárdio e câncer de boca, destacou o pneumologista.

O médico afirmou que hoje parar de fumar é muito mais fácil do que antigamente. “Todas as pessoas que fumam e querem parar, conseguem, pois existem várias alternativas para isso”, enfatizou. 

A entrevista, com 13 minutos, também trouxe um alerta para os pais sobre o crescimento do tabagismo entre jovens. “Um dos produtos que tem tido muito alcance é o cigarro eletrônico, dispositivo bastante utilizado entre os jovens que possui nicotina e outras substâncias cancerígenas”.

Se ficou interessado e deseja assistir à entrevista na íntegra, acesse a página da Unimed JP no Facebook e vá até a área de vídeos. Mas se preferir, clique aqui. Acesse o Instagram.

Veja como você pode armazenar de forma correta os seus medicamentos

Publicada em 06/08/2019 às 07h
Veja como você pode armazenar de forma correta os seus medicamentos

Difícil encontrar uma família que não tenha sempre à mão aquela farmacinha com remédios para uso em casos de emergência. Mas mesmo medicamentos considerados simples, indicados para aliviar dor ou febre, precisam de atenção no momento do armazenamento. Se acondicionados de forma inadequada, eles podem perder a eficácia ou até estragarem antes mesmo de vencer. Isso porque condições de umidade, luz e temperatura do local podem interferir na fórmula do remédio e na sua eficácia.

Por outro lado, quem toma medicamentos de uso contínuo sabe da necessidade da organização para não tomar remédios em dosagens e horários trocados. Afinal, há indicação de medicação a ser administrada uma vez ao dia, a cada seis, oito ou 12 horas. Por isso saber onde guardar cada um deles é fundamental para não colocar a saúde em risco.

ORGANIZAÇÃO

Para deixar os remédios em ordem na sua ‘farmácia pessoal’, o Ministério da Saúde elaborou e disponibilizou dicas essenciais que farão toda a diferença na conservação e no uso correto dos medicamentos:

  • Mantenha os medicamentos em lugares secos e frescos, seguros e específicos para este fim. Pode ser numa caixa organizadora ou mesmo num espaço só para eles no armário. Evite guardá-los com produtos de limpeza, perfumaria e alimentos
  • Coloque na geladeira apenas os medicamentos líquidos, conforme orientação do profissional de saúde. Não acondicione remédios na porta da geladeira, onde sofre mais alterações de temperatura
  • Se você costuma usar o porta-comprimidos para guardar os medicamentos, deixe somente a quantidade suficiente para no máximo 24 horas. Os recipientes devem ser cuidadosamente limpos, secos e identificados com os nomes dos remédios
  • Não divida os comprimidos sem marcação e não abra aqueles que são revestidos por cápsulas
  • Se você comprar um medicamento em blister, comece a usá-lo pela parte que não contém o nome do medicamento na parte de trás, para facilitar a identificação
  • Não triture a medicação e evite consumi-la com sucos, chás ou leites que podem até impedir a absorção adequada do princípio ativo. Acostume-se a tomá-lo apenas com água
  • O armazenamento de medicamentos deve ser individualizado para evitar erros e trocas com remédios de outras pessoas
  • Lave as mãos antes de manusear qualquer medicamento.
  • Manuseie os medicamentos em lugares claros. Nomeie as embalagens, e leia o nome antes de tomá-los, para evitar trocas
  • Abra somente um frasco ou embalagem de cada medicamento por vez
  • Mantenha os remédios nas embalagens originais para facilitar sua identificação e o controle da validade
  • Observe frequentemente a data da validade e nunca tome medicamentos vencidos
  • Consulte um farmacêutico caso observe qualquer mudança no remédio, como cor, mancha ou cheiro
  • Utilize preferencialmente o medidor que acompanha o medicamento. Lave-o logo após o uso
  • Guarde os medicamentos suspensos ou de tratamentos antigos em local separado dos remédios em uso
  • Não passe o bico do tubo do medicamento em feridas ou na pele quando usar pomadas. Você pode contaminá-lo
  • Mantenha a receita médica junto aos medicamentos, para tirar possíveis dúvidas quanto ao uso
  • Faça o descarte correto do medicamento. Hoje em dia, as farmácias já possuem lixeiras especiais para receber medicamentos, sprays e outras substâncias farmacêuticas vencidas
  • Lembre-se: a automedicação é perigosa e pode levar ao agravamento de alguma doença. Em caso de dúvidas, procure o médico ou o posto de saúde mais próximo
     

LISTA VISÍVEL

Quando são administrados vários remédios de uma só vez ou mesmo em horários determinados, é preciso manter a atenção. Para evitar a troca de horários, tomar uma dosagem maior ou menor do que a recomendada pelo médico ou mesmo esquecer de tomar algum deles, anote os nomes, os horários a serem administrados e o tempo de uso, e deixe num local de destaque da casa. Deixe essas informações na caixa dos remédios também para se certificar que irá tomar a medicação correta