A- A+

Artigos Médicos

Patrícia Marques Stade

Patrícia Marques Stade

CRM-PB: 3626 Especialidade: Dermatologista

Como evitar as micoses mais frequentes?

Publicada em 23/06/2017 às 18h00

As micoses são patologias causadas por fungos. Há vários tipos de fungos: os que vivem no solo, os que vivem nos pelos de animais, os que vivem nas plantas. Há até os fungos que fazem parte da nossa camada externa da pele. Eles nos protegem, junto com outros organismos vivos como bactérias, contra agentes que causam doenças.

Os fungos que causam doenças gostam de áreas úmidas, tais como virilhas, região entre os dedos (de pés e mãos), axilas. Mas, podem também aparecer no corpo em outras áreas, como no couro cabeludo e nas unhas.

É muito comum aparecerem pacientes com micoses em consultas dermatológicas. Pacientes diabéticos e imunodeprimidos têm mais facilidade de ter micoses.

Há cuidados a serem tomados para evitar o aparecimento das micoses. A boa higiene é necessária. Enxugar bem as dobras - áreas entre os dedos, axilas, virilhas, região abaixo das mamas - é muito importante. Deve-se procurar o médico sempre que vir uma pequena mancha na unha, mudança de cor ou manchas na pele, queda de cabelo localizado, lesões novas que coçam. O cuidado em usar o próprio material de unhas, pente, escova de cabelo, toalha, roupa é essencial para evitar as micoses. Frequentar ambientes arejados e limpos evita micoses, bem como usar sapatos abertos e sandálias.

Ademais, precisa-se saber que as micoses são contagiosas. Como as demais patologias, quanto mais cedo tratadas, mais facilmente e rapidamente serão debeladas.