Referência em Alta Complexidade

Referência em Alta Complexidade

O Hospital Alberto Urquiza Wanderley é referência em procedimentos de alta complexidade na Paraíba. Com uma estrutura de ponta, a unidade hospitalar dispõe de um moderno Centro Cirúrgico, Centro de Diagnóstico e Unidades de Tratamento Intensivo, estando completamente equipado para a realização de procedimentos de alta complexidade.

O Alberto Urquiza é pioneiro na realização de transplantes no Estado. Em 2004, foi realizado o primeiro transplante de coração da história da Paraíba. Quinze dias depois, ocorreu o primeiro transplante de fígado, considerado o procedimento mais complexo ao qual um ser humano pode ser submetido. Em 2009, foi feito o primeiro transplante de rim.

Alguns fatos ganharam repercussão nacional. Foi assim com o nascimento dos quíntuplos, caso raro na medicina mundial (1 ocorrência para cada 40 milhões de nascimentos). Para receber os bebês (4 meninos e 1 menina), que nasceram em setembro de 2003, o Hospital adquiriu novos equipamentos e a UTI Neonatal passou por adaptações.

Em 2014, o Hospital proporcionou mais um feito inédito na medicina da Paraíba: a primeira cirurgia cardíaca realizada por vídeo do Estado. Este tipo procedimento minimiza o trauma e os riscos de uma cirurgia convencional. A cirurgia só foi possível graças à estrutura do Hospital Alberto Urquiza Wanderley, que possui aparelho para realização de cirurgia por vídeo com tecnologia em alta definição.

 

Gestão de Serviços Hospitalares

Ricardo Mello Cordeiro

Ricardo Mello Cordeiro

Formado em medicina pela Universidade do Grande Rio, Ricardo Mello Cordeiro tem especialização em clínica médica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

O médico Possui diversos cursos de gestão e administração ministrados pela Fundação Getúlio Vargas e Fundação Dom Cabral, qualidade pelo IHI e IQG e recentemente finalizou curso introdutório a inteligência artificial em saúde ministrado pela Universidade de Stanford.

Exerceu cargos de liderança em grandes instituições de saúde, como o Hospital Quinta D’or da Rede D’Or/São Luiz de Hospitais, Hospital da Barra, Astellas Pharma, grupo Geriatrics, FAPES/ BNDES, Amil, Hospital de Clínicas de Jacarepaguá, Hospital Mário Lioni e Hospital Ilha do Leite.

Durante a pandemia esteve à frente do plano de contigência de enfrentamento à covid. Tem experiência em Gestão e Administração em saúde, Clínica Médica, Gerontologia, Inteligência Artificial nos cuidados a saúde, Qualidade e Acreditação hospitalar e Farmacovigilância.

José Calixto da Silva Filho

José Calixto da Silva Filho

O cirurgião geral José Calixto da Silva Filho formou-se pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em 1988. O ingresso no quadro social da Unimed João Pessoa ocorreu três anos depois, em 1991.

Na Cooperativa, foi suplente do Conselho Fiscal de 2000 a 2001, e membro titular de 2014 a 2016. De 2004 a 2008, integrou o Conselho Ético e Técnico, para o qual voltou a ser eleito em 2016, com mandato até 2020, e no qual exerceu a função de coordenador. Além de atuar nos conselhos da Unimed JP, José Calixto foi coordenador médico do SOS UTI Móvel entre 2005 e 2008; e Gestor Assistencial do Hospital Alberto Urquiza Wanderley entre 2008 e 2012.

Ao conhecimento médico somam-se cinco pós-graduações: duas especializações (Auditoria em Gestão em Saúde e Acreditação: Qualidade no Serviço de Saúde) e dois MBA (Gestão de Cooperativas, Gestão de Cooperativas de Créditoe Gestão de Saúde e Administração Hospitalar).

O médico é membro eleito do Conselho de Administração do Sistema OCB-Sescoop-PB na Paraíba; delegado titular da Federação das Cooperativas do Nordeste (Fecoop-NE);  integra o Conselho Fiscal da Sicredi João Pessoa; e é presidente da Cooperativa dos Cirurgiões da Paraíba (Coopecir-PB).

Ricardo Mello Cordeiro

Ricardo Mello Cordeiro

Formado em medicina pela Universidade do Grande Rio, Ricardo Mello Cordeiro tem especialização em clínica médica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

O médico Possui diversos cursos de gestão e administração ministrados pela Fundação Getúlio Vargas e Fundação Dom Cabral, qualidade pelo IHI e IQG e recentemente finalizou curso introdutório a inteligência artificial em saúde ministrado pela Universidade de Stanford.

Exerceu cargos de liderança em grandes instituições de saúde, como o Hospital Quinta D’or da Rede D’Or/São Luiz de Hospitais, Hospital da Barra, Astellas Pharma, grupo Geriatrics, FAPES/ BNDES, Amil, Hospital de Clínicas de Jacarepaguá, Hospital Mário Lioni e Hospital Ilha do Leite.

Durante a pandemia esteve à frente do plano de contigência de enfrentamento à covid. Tem experiência em Gestão e Administração em saúde, Clínica Médica, Gerontologia, Inteligência Artificial nos cuidados a saúde, Qualidade e Acreditação hospitalar e Farmacovigilância.