Unimed João Pessoa

Notícias

Famílias deixam recadinhos em painel para os bebês internados em UTI

A- A+
Publicada em 14/08/2019 às 07h
A contadora Janaína Rodrigues deixou mensagem para a pequena Rebeca: amor, força e muita féA contadora Janaína Rodrigues deixou mensagem para a pequena Rebeca: amor, força e muita fé

Ter o bebê no tempo previsto, fazer do dia do nascimento o momento mais feliz da vida e ir para casa. Esses são os planos traçados pelos pais quando descobrem a gravidez. Mas, em alguns casos, os planos têm que ser mudados e os bebês precisam de mais cuidado, permanecendo em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). E, durante esse tempo, além da medicação, dos equipamentos e de uma equipe especializada, toda a família precisa de carinho, cuidado, amor e humanização.

Para ajudar pai, mãe, irmãos e avós expressarem os sentimentos durante a internação do bebê, o Hospital Alberto Urquiza Wanderley instalou um mural de recados na entrada da UTI Neonatal. Nele, cada um pode deixar sua mensagem e depois, no final da internação, levá-la para casa, o que acaba servindo como um diário dos momentos vividos pela família enquanto a criança está na unidade. 

Os bebês tem um papel de carta personalizado, com o nome, data e hora do nascimento, peso e altura. A família pode escrever várias cartas, que vão sendo colocadas nos painés ou escrever mensagens em um único papel de carta. A exposição dessas cartas reforça a troca de experiência entre as famílias dos pacientes, mostrando a esperança e o amor de cada um.

PARA POSTERIDADE

Os familiares consideraram positiva a iniciativa do Hospital Alberto Urquiza Wanderley. “Para nós que passamos um período acompanhando um filho na UTI, cada ação é muito importante. Deixar esses recados é como escrever uma carta. Vou guardar cada uma delas, para que Rebeca leia e saiba que foi um período duro, de amadurecimento, mas de muito amor por ela. Com essas cartas, podemos externar um pouco do amor que sentimos”, disse a contadora Janaína Rodrigues, mãe da pequena Rebeca Vitória.

Uma das cartinhas escritas para Rebeca foi do seu irmão, Pedro Henrique. Confira abaixo:

Minha princesa, todo mundo quer ver você em casa correndo e gritando. Meu amor, toda a sua família quer te ver. Deus sabe pelo que você está passando e tudo isso vai passar e já já você estará em casa".