A- A+

Artigos Médicos

Rivando Rodrigues de Sousa Oliveira

Rivando Rodrigues de Sousa Oliveira

CRM-PB: CRM-3740 Especialidade: Psiquiatra

Suicídio

Publicada em 13/09/2019 às 18h

O suicídio vem do latim sui–si mesmo e caedes ação de se matar. O suicídio tem seus primórdios nos povos primitivos e há relatos deles em contextos bíblicos. É importante destacar que a OMS só considera o suicídio como doença de caráter público na década de 90. E coloca como uma importante tarefa, sua diminuição nos anos de 2020, objetivo este, não concluído.

No Brasil, dados epidemiológicos sobre suicídio está em torno de 5,3 /100.000 hs. Tendo os transtornos mentais presentes em mais de 90% de todos os suicídios. O suicídio é maior na população idosa, porém observa-se um aumento importante e crescente nos indivíduos entre 15 e 24 anos.

Em caso de suicídio, um fator de risco importante são as tentativas prévias e as doenças psiquiátricas (episódio depressivo, bipolar, esquizofrenia, dependências de substâncias e comorbidades clínicas). Outros fatores relevantes temos: adulto jovem, pessoas não casadas, sexo masculino, comportamento em sua personalidade autodestrutivo, presença de suicídio na família, um ambiente desfavorável como perdas familiares, desemprego ou derrocada em seus negócios (Nayakkara ET AL, 2013 : Sudarsanan et al.,2004).

Vários mecanismos neurobiológicos estariam envolvidos em pacientes suicidas: diminuição de metabólitos da serotonina, anormalidades no sistema serotoninérgico, alteração do eixo hipotámo - hipófise adrenal e na resposta à apormorfina , anormalidades sobre as neurotrofinas (BDNF) neurotrofina 3(NT3) e fator de crescimento neural (NFG).

Os sintomas mais frequentemente envolvidos no suicídio são desesperança, desamparo e desespero, e impulsividade em adolescentes, concomitante aos problemas psiquiátricos. Em todos os casos de tentativas de suicídios devem ser comunicadas à família ou ao psiquiatra.

             O Setembro Amarelo foi criado pela Associação Brasileira de Psiquiatria com o objetivo de esclarecer a população brasileira do aumento crescente de suicídio em nossa população.